Você Não Pode Abandonar o Ego. – Osho

“Eu sou isso e aquilo, não é nada mais do que um outro nome para o ego.  Agora você terá problemas. Se o ego está convencido de que a única maneira é deixar cair o ego, então quem vai deixar cair quem? E como? Será como puxar você mesmo pelos próprios cadarços. Você vai achar bobagem. Veja cada palavra que você usa – eu sou isso ou aquilo – nada mais é do que o ego.

A segunda coisa – ninguém jamais foi capaz de abandonar o ego, porque o ego não é uma realidade que você possa deixar – qualquer coisa para ser descartada, precisa ser real, substancial. O ego é apenas uma noção, uma idéia. Você não pode abandoná-lo, você pode apenas entendê-lo. Você pode abandonar sua sombra? Você pode correr tão rápido quanto queira, mas sua sombra vai correr na mesma velocidade.

Você não pode abandonar o ego. Uma vez que você comece a tentar abandoná-lo, você entrará numa grande confusão – você se tornará cada vez mais preocupado e intrigado – e esta não é a única maneira de livrar-se do ego. A única maneira de libertar-se do ego é olhar para ele.”

Osho, Theologica Mystica, Capítulo # 9