Alimentação Consciente – tipos de meditação

ALIMENTAÇÃO CONSCIENTE

Qualquer atividade pode ser meditativa, se você prestar total e cuidadosa
atenção no que está fazendo. Tome, por exemplo, um ato comum como o de
se alimentar. O método da alimentação consciente consiste em prestar
cuidadosa e total atenção a cada aspecto da experiência.

Comece por se sentar imóvel, prestando atenção na sua respiração, observando a inspiração e a expiração. Quando sentir que chegou a um estado de tranqüilidade, comece a comer.

Procure comer muito lentamente, dividindo cada movimento, para que possa
acompanhar cada nuance de sensação, som, sabor e gesto. Por exemplo,ao
colocar o alimento na boca, faça isso em uma velocidade que lhe permita
observar o alongamento e a tensão dos músculos do braço e da mão, e a
sensação da comida ou do garfo contra a pele. Evite a tendência de preparar automaticamente a garfada seguinte enquanto não terminar de engolir o alimento que está na boca.

Explore a natureza visual e tátil do alimento que está comendo. Se for um alimento que possa ser comido com a mão, sinta a sua textura contra as pontas dos dedos, observe a sua forma, cor e contorno. Ele é duro ou mole? Áspero ou macio?

Leve a comida lentamente até a boca. Note o instante em que consegue sentir o seu cheiro pela primeira vez. Se prestar atenção, vai notar que começou a salivar antes mesmo de ela chegar à sua boca. Tome consciência do primeiro roçar do alimento em seus lábios.

A seguir, mastigue a comida lenta e deliberadamente. Observe a sensação de seus dentes mordendo-a. Registre o sabor, os sons, a infinidade de sensações criadas por cada mastigação. Mastigue muitas vezes, até o alimento se tornar uma papa em sua boca, e só coloque mais comida no garfo depois de engolir. Continue comendo com a mesma cuidadosa deliberação. Mantenha a calma e a concentração durante todo o processo.

Do livro A arte da meditação, Daniel Goleman