Livres do desejo

Precisamos primeiro perceber o quanto a vida é insatisfatória. Eventos infelizes permanecem para sempre, momentos felizes desaparecem num piscar de olhos. Precisamos aceitar essa condição.

A vida começa com a dor do nascimento e termina com a dor da morte. E entre o alfa e o ômega reside o mal-estar.

Tenha fé de que existe uma saída: é compreender que a causa dessa insatisfação é o desejo. Queremos que os bons momentos durem para sempre e que os maus momentos desapareçam num piscar de olhos.

Uma vida livre de dor não é possível mas uma vida livre do desejo de que ela seja de outra forma, sim.

Uma vez livre do desejo, mesmo que a dor permaneça, o sofrimento cessa.

do livro A Lua aparece quando as águas se acalmam – Ian McCrorie

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s