Anseio por experiências na meditação

Aluno: Quando eu costumava meditar várias horas por dia, tinha relances de compreensão que me levavam adiante. Mas não tenho mais estes relances. Eu me pergunto: se eu os tivesse de novo, isso iria estimular-me a caminhar mais depressa?

Rimpoche: Quando começamos a meditar, acreditamos que as experiências pertencem à mente ou à consciência, e isto leva a uma espécie de anseio por experiências. Enquanto permanecemos nesse nível da mente relativa, que conta fatos a si mesma
ou tenta convencer o ego de que há progressos, então pode ser que precisemos dessas experiências. Mas, uma vez que sejamos capazes de abrir mão da nossa experiência meditativa, de maneira que não haja mais um sentido de propriedade ou de identidade, não importa mais se temos experiências ou não.

Tarthang Tulku em Expansão da Mente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s