Curiosidade ~ Chögyam Trungpa

Quando você era muito jovem, aos três anos, não queria pensar na possibilidade de escapar, principalmente porque estava tão interessado em saber como as coisas eram feitas . Você costumava fazer todo tipo de pergunta a seu pai e a sua mãe: “Por que é assim, mamãe? Por que é assim, papai? Por que fazemos isso? Por que não fazemos aquilo?” Mas essa curiosidade inocente foi esquecida, perdida. Portanto, você tem que reacendê-lo. Entrar em seu casulo de comportamento habitual acontece depois dessa curiosidade inicial. Uma vez, houve uma tremenda curiosidade acontecendo e então você não poderia se importar menos. Você pensava que estava sendo maltratado pelo seu mundo, então saltou para o seu casulo e decidiu ignorar a coisa toda … Na verdade, usar nossas percepções sensoriais corretamente – com curiosidade – é muito importante. – Chögyam Trungpa do livro “Shambhala: O Caminho Sagrado do Guerreiro”

Que esse novo ano seja mais leve para todos nós. Abraços

E.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s