Corra, corra, corra, mais rápido, corra…

Parece que a cada dia que passa o ato de passear a pé fica mais difícil. Somente andar por aí, mesmo que seja num grande shopping, é quase impossível porque parece que temos que ter onde ir já definido para podermos chegar lá, e pra chegar é preciso correr.

Um casal de amigos que temos não consegue passear. Eles não sabem como fazer isso. Sempre se colocam um objetivo, um horário e metas e então saem correndo mesmo durante um dia livre para passear. Mesmo em dia livre! Quer dizer, o dia livre precisa de uma direção para evitar o tédio do não ter nada a fazer e lugar algum pra ir.

A impressão que dá é que mesmo o conceito de dia livre pra fazer qualquer coisa é mal compreendido. Eles já acordam correndo, tomam seu café e correm. Chegam num lugar e correm. Correm sem parar. Se param é somente porque esse era o objetivo, uma loja por exemplo para pegar um produto X, e então feito isso saem correndo de novo. Correm pro almoço, comem, se levantam e correm.

Extenuados em certo momento se deixam cair numa cadeira ou cama. Não poderia imaginar suas mentes já que seria impossível mas não deve ser bom, deve ser cansativo. Talvez um vinho ajude a diminuir esse ser acelerado.

Dorme.

Acorda de novo e adivinha?

Corre, corre e corre

E.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s