O mundo sempre foi interdependente

Nós não apenas compartilhamos o mundo; muitos de nós também compartilhamos atitudes e comportamentos semelhantes. Quando um número suficiente de pessoas pensa e age de maneira semelhante, o efeito dessas ações é amplificado. Podemos nos referir a essa dinâmica como ação cumulativa ou ação coletiva. Em termos budistas, chamamos isso de carma coletivo, que, neste … Continue lendo O mundo sempre foi interdependente

Sem meditação só depois de muita meditação.

Quando alguém percebe a natureza última da mente, não há mais nenhum momento que fique de fora da esfera da meditação. No entanto, a única maneira de alcançar essa realização é por meio da meditação. A pessoa está livre da luta para se livrar das emoções aflitivas ou para “obter” sabedoria. Neste ponto, a meditação … Continue lendo Sem meditação só depois de muita meditação.

Abraçando todos os opostos ~ Taisen Deshimaru

Zen não é um estado particular, mas o estado normal: silencioso, pacífico, não agitado. No Zazen, nem a intenção, a análise, o esforço específico ou a imaginação ocorrem. Basta não ter hipocrisia, dogmatismo, arrogância - abraçar todos os opostos. - Taisen Deshimaru citado no livro "The Illustrated Encyclopedia of Buddhist Wisdom: A Complete Introduction to … Continue lendo Abraçando todos os opostos ~ Taisen Deshimaru

Possivelmente as maiores verdades que conhecemos, surgiram do sofrimento das pessoas

Meu argumento com tanto da psicanálise é o preconceito de que o sofrimento é um erro, ou um sinal de fraqueza, ou mesmo um sinal de doença. Quando, na verdade, possivelmente as maiores verdades que conhecemos, surgiram do sofrimento das pessoas. O problema não é desfazer o sofrimento, ou varrê-lo da face da terra, mas … Continue lendo Possivelmente as maiores verdades que conhecemos, surgiram do sofrimento das pessoas