Lao-tzu: Aqueles que alcançam o Caminho são fracos em ambição mas fortes no trabalho

            Lao-tzu disse:

            Aqueles que alcançam o Caminho são fracos em ambição mas fortes no trabalho, as suas mentes são abertas e suas respostas adequadas. Os que são fracos em ambição são flexíveis e tolerantes, pacíficos e quietos; eles se escondem na ausência de possessividade e fingem ser inábeis. Tranqüilos e sem artificialidades, quando agem, eles não perdem o sentido de tempo.

            Portanto a nobreza deve estar enraizada na humildade, o que é elevado deve estar baseado no que é inferior. Use o pequeno para conter o grande, permaneça no centro para controlar o externo. Comporte-se com flexibilidade, mas seja firme, e não haverá poder que você não possa vencer, nenhum inimigo acima do qual você não possa erguer-se. Responda aos fatos novos, avalie o momento, e ninguém poderá prejudicá-lo.

            Aqueles que quiserem ser firmes devem preservar a firmeza com flexibilidade; aqueles que quiserem ser fortes devem proteger a força com fraqueza. Acumule flexibilidade e você será firme, acumule fraqueza e você será forte. Observe o que os outros acumulam e você saberá quem sobreviverá e quem perecerá.            

            Aqueles que vencem os que são menores pela força chegam a um impasse quando encontram outros cuja força é igual à sua. Aqueles que vencem os que são maiores pela flexibilidade têm um poder que não pode ser medido. Portanto, quando um exército é forte ele é derrotado, quando uma árvore é forte ela se quebra, quando o couro é forte ele se rasga; os dentes são mais fortes que a língua, mas são os primeiros a morrer.

            Assim a flexibilidade e a tolerância são os administradores da vida, a dureza e a força são os soldados da morte. Abrir caminho é a estrada que leva à exaustão, agir mais tarde é a fonte de êxito.

            Manter-se em estreito contato com o Caminho para ser um parceiro da evolução implica liderar para regular os que seguem, e seguir para regular os que lideram. O que é isso? Isso significa não perder os meios de regular as pessoas que não podem controlar a si.

            Seguir significa combinar os elementos dos acontecimentos de modo que eles se harmonizem com o momento. As mudanças no momento não permitem descansar nos intervalos: se você agir antecipadamente, irá demasiado longe; se agir tarde demais, não poderá acompanhar os fatos.

            À medida que os dias passam e os meses se sucedem, o tempo não se demora com as pessoas. É por isso que os sábios dão mais valor a um pequeno intervalo de tempo do que a uma enorme pedra preciosa. O tempo é difícil de achar e fácil de perder.

            Por isso os sábios realizam seus objetivos de acordo com o tempo e levam adiante suas obras de acordo com os recursos disponíveis. Eles se mantêm no caminho da pureza e são fiéis à disciplina do feminino. À medida que avançam e respondem às mudanças, eles sempre seguem e nunca precedem. Flexíveis e tolerantes, eles são, por isso, calmos. Pacíficos e despreocupados, eles estão, por isso, em segurança. Aqueles que atacam os grandes e derrubam os poderosos não podem entrar em conflito com eles.

    Lao-tzu  WEN TZU EM A COMPREENSÃO DOS MISTÉRIOS