Observar a si mesmo é muito mais difícil – Krishnamurti

Você pode observar uma nuvem, uma árvore ou o movimento de um rio com a mente bastante quieta porque eles não são muito importantes para você, mas observar a si mesmo é muito mais difícil porque lá as exigências são muito práticas, as reações muito rápidas. Portanto, quando você está em contato direto com o … Continue lendo Observar a si mesmo é muito mais difícil – Krishnamurti

Como meditar na instrução de Krishnamurti

[Krishnamurti:] Você sabe alguma coisa sobre meditação? Aluno: Não, senhor. [Krishnamurti:] Mas os mais velhos também não sabem. Eles se sentam em um canto, fecham os olhos e se concentram, como meninos de escola tentando se concentrar em um livro. Isso não é meditação. A meditação é algo extraordinário, se você souber como fazê-lo. Vou … Continue lendo Como meditar na instrução de Krishnamurti

Para observar claramente, é óbvio, devemos ser livres para olhar

Para observar claramente, é óbvio, devemos ser livres para olhar. Se alguém se apega às suas experiências, julgamentos e preconceitos particulares, então não é possível pensar com clareza. A crise do mundo que está bem à nossa frente exige, reclama que pensemos juntos de modo a podermos resolver o problema humano juntos, não de acordo … Continue lendo Para observar claramente, é óbvio, devemos ser livres para olhar

Fugirmos do medo o que, em essência, é ter medo do medo – devemos aceitá-lo

lnterrogante : Quereis dizer que, em vez de fugirmos do medo o que, em essência, é ter medo do medo - devemos aceitá-lo? Krishnamurti: Não, senhor. Não aceiteis nada. Não aceiteis o medo; olhai-o! Nunca olhastes o medo, olhastes? Nunca dissestes: "Tenho medo; vou olhá-Io". Pelo contrário, dizeis: "Tenho medo; vou ligar o rádio, vou … Continue lendo Fugirmos do medo o que, em essência, é ter medo do medo – devemos aceitá-lo