Nem exultante com o bem, nem desesperado com o mal.

Um praticante do dharma deve ser capaz de lidar com todas as circunstâncias possíveis, nem exultante com o bem, nem desesperado com o mal. Em qualquer caso, livre de expectativas e dúvidas, deve-se lembrar do guru. Felicidade e tristeza, alegria e sofrimento, embora nada em si, podem se tornar uma ajuda ou um obstáculo no … Continue lendo Nem exultante com o bem, nem desesperado com o mal.