Na prática da meditação, finalmente, estamos expostos.

Na prática da meditação, finalmente, estamos expostos. Esperávamos que não tivéssemos que passar pelo constrangimento de nos expor; esperávamos contornar essa área em particular e nos tornarmos iluminados. Você pode falar sobre o quão ruim você costumava ser. Não há problema em falar sobre isso porque está no passado; você já é uma pessoa melhor. A prática da meditação é o completo oposto disso. Não se trata de obter um certo estado de ser. A prática da meditação é uma maneira de fazer amizade conosco. Se somos dignos ou indignos, esse não é o ponto. É desenvolver uma atitude amigável conosco, aceitando a neurose oculta que surge.

Chögyam Trungpa

from the book “The Collected Works of Chogyam Trungpa, Volume 3”
ISBN: 978-1590300275 fonte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s