Hua Hu Ching Ensinamentos Da Escola De Lao Tzu

HUA HU CHING

1

Eu prego o caminho Íntegro da unidade com a sublime e misteriosa Verdade

Os meus ensinamentos são simples

Todavia, se os tomarem por uma religião ou ciência, iludir-se-ão.

Profundos e plenos de sabedoria como são

Os meus ensinamentos encerram toda a verdade universal;

Aqueles que procuram a revelação dessa verdade

Executam com alegria todo o trabalho que lhes seja designado

Uma vez completado, é com a mesma alegria que se nutrem e purificam

Quando tiverem cuidado uns dos outros e de si mesmos

Devotem-se à aprendizagem

Este caminho de simplicidade conduz à paz, à virtude e à abundância.

 

2

 

Aqueles homens (ou mulheres) que desejarem realizar a verdade suprema

Deviam adoptar as práticas do Caminho Íntegro

As suas disciplinas, que só o tempo se encarregará de honrar

Consistem em pacificar a mente conduzindo-os assim

De volta à harmonia com todas as coisas

A primeira consiste na prática da virtude da não-discriminação

Cuidar daqueles que seguem o Caminho Universal

Do mesmo modo como cuidam daqueles que o não seguem

Quando voltam a vossa virtude em todas as direcções, com bondade

Estabelecem uma base firme no Caminho de regresso á Unidade.

 

3

 

Aqueles que desejarem incorporar a Unidade

Deviam abraçar a vida em todas as suas manifestações

Fazê-lo significa, antes de mais

Não abrigar nenhuma ira, resistência ou antagonismo

Com relação a qualquer ideia ou ser vivente, capaz ou incapaz de pensar

A aceitação constitui a própria essência do Tao

Abraçar todas as coisas significa igualmente

Libertar-se de todo o conceito de separação:

Masculino e feminino; eu e o outro; vida e morte

A divisão é contrária à natureza do Tao

Precedendo todo o antagonismo e separação

Entraremos na unidade harmoniosa de todas as coisas.

 

4

 

Todo o afastamento da Unidade nos contamina a mente

A raiva, a resistência e a absorção pessoais são uma forma de afastamento

Mas, ao longo das múltiplas experiências de vida

O fardo dessa contaminação pode tornar-se insuperável

Existe somente um meio de nos purificarmos de tal contaminação

Que consiste na prática da virtude

Mas, que quer isso dizer?

Praticar a virtude consiste em sermos altruístas para com os outros

E oferecermos uma assistência isenta de todo o egoísmo

Pela dádiva ilimitada do nosso tempo, capacidades e posses

E servi-los sempre que, e onde for necessário

Sem abrigarmos nenhum preconceito

Que refira qualquer identidade distinta

De quantos estejam em necessidade

Se a nossa boa vontade, no que respeita

À dádiva das bênçãos que proporcionarmos for condicionada

Assim também deverá ser a nossa capacidade para as receber

Isto forma a dinâmica subtil do Absoluto

 

5

O indivíduo superior ordena a sua mente

Do mesmo modo como o universo se apresenta ordenado

Imaginais que o universo possa comportar agitação e medida?

Ide a um local deserto, à noite, e contemplai as estrelas

Isso deverá responder a tal questão

Se estabelecermos a mente numa relação

Com a origem subtil, pacificámo-la

Uma vez pacificada, expandir-se-á com naturalidade

E acabará, finalmente, por tornar-se

Tão vasta e imensurável quanto o céu nocturno

Texto completo em: https://textosdemetafisica.blogspot.com.br/2011/09/hua-hu-ching_18.html