Palavras aprisionam – Anthony de Mello

Uma vez um guru estava tentando explicar a um grupo como os seres humanos reagem às palavras, como se nutrem de palavras, vivem de palavras, mais do que de realidade. Um dos assistentes ficou em pé e protestou: “Não concordo que as palavras tenham tanto efeito assim sobre nós”. O guru então disse: “Senta aí, seu filho da puta”. O homem ficou branco de raiva e disse: “Você se diz uma pessoa iluminada, um guru, um mestre, mas deveria ter vergonha de si mesmo”. O guru então replicou: “Desculpe-me, meu senhor, eu me excedi. Eu realmente peço-lhe desculpas; foi um lapso da minha parte, eu sinto muito”. O homem então se acalmou. Então o guru disse: “Bastaram umas poucas palavras para criar uma tempestade dentro de você; e bastaram umas poucas palavras também para acalmá-lo, não é mesmo?”. Palavras, palavras, palavras, palavras, como elas aprisionam quando não são usadas de modo adequado…

Em Guia para águias que acreditam ser frangos (Portuguese Edition)
Anthony de Mello