Meditação no som do silêncio

meditação som interior

Há um certo número de temas que são familiares a quem pratica a meditação budista: ‘consciência da respiração’, focando-se no ritmo da respiração; ‘meditação a andar’ que gira à volta dos passos que se dá para cima e para baixo; a repetição interna de um mantra, como por exemplo, ‘Bud-dho’ – todos eles servem para fixar a atenção na presença do próprio momento, na realidade presente.

A par destes métodos mais conhecidos existem muitos outros com uma função semelhante. Um deles é conhecido como ‘escuta interior’ ou ‘meditação no som do silêncio’, ou em sânscrito: nada yoga. Toda esta terminologia refere-se a estar atento ao que se chamou o ’som do silêncio’, ou o ‘som nada’. Nada é a palavra sânscrita que significa ‘som’, mas também a palavra espanhola e portuguesa para ‘a ausência de algo’ – uma interessante e acidental coincidência plena de significado.

Do livro Escuta Interior de Ajahn Amaro – baixe completo no link https://forestsangha.org/teachings/books/escuta-interior?language=Portugu%C3%AAs