A meditação da vigilância geralmente começa com a consciência da respiração

A meditação da vigilância geralmente começa com a consciência da respiração. Na verdade, a respiração fundamenta muitas formas de prática da meditação buddhista. Meu professor de Zen no Japão dizia que a vigilância em relação à respiração é suficiente, em e de si mesma, para uma pessoa tornar-se totalmente desperta.

O repertório da práticas religiosas do mundo contém uma grande riqueza de meditações sobre a respiração muito úteis. Muitas envolvem padrões de respiração consciente: respirar longa e profundamente; ênfase na expiração mais do que na inalação; respirar rápido e devagar; através do nariz ou da boca; pausa intencional entre as respirações; dirigir a respiração para diferentes partes do corpo. Na vigilância, nós não tentamos mudar a respiração. Nós estamos simplesmente atentos à respiração como ela é, conhecendo-a como é, independentemente de como ela se dá: superficial ou profunda, longa ou curta, lenta ou rápida, suave ou rude, grosseira ou refinada, contraída ou solta. Para a prática da vigilância não há respiração ideal. Se impusermos um padrão rígido em nossa respiração, podemos perder o foco de como nossos próprios padrões físicos, emocionais e espirituais específicos são expressos através da respiração.

Por causa da tendência da mente para se dispersar e facilmente se distrair com divagações e pensamentos, usamos a respiração para nos ajudar a nos ancorar ao presente. Voltando repetidamente ao repouso na respiração, estamos a combater as poderosas forças da distração. Isso treina mente, coração e corpo para se tornarem resolvidos e unificados numa só coisa, num só lugar, num dado tempo. Se você estiver sentado em meditação e a sua mente se debruça sobre o que fez no trabalho hoje, o seu corpo e a mente não estão no mesmo lugar ao mesmo tempo. Quando estamos fragmentados desta forma, facilmente perdemos o contato com um sentido holístico de nós mesmos.

Trecho de Tocar o Coração do Assunto livro online sobre a prática da meditação e atenção plena no link: https://nalanda.org.br/tocar-o-coracao-do-assunto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s