Insegurança – Dzongsar Khyentse Rinpoche

A causa de todos esses sofrimentos é a nossa insegurança fundamental. Estamos sempre nos perguntando se existimos ou não. Nosso ego, ou melhor, nosso apego à idéia do eu, é completamente inseguro sobre sua própria existência. Nosso ego pode parecer forte, mas na verdade é bastante instável. Obviamente, não fazemos essas perguntas conscientemente, mas sempre temos um sentimento subconsciente de insegurança quanto à existência.

Tentamos usar coisas como amigos, dinheiro, posição e poder e todas as coisas cotidianas que fazemos, como assistir televisão ou ir às compras, para provar e confirmar nossa existência. Tente sentar-se sozinho em uma casa e não fazer absolutamente nada. Mais cedo ou mais tarde, suas mãos alcançarão o controle remoto ou o jornal. Precisamos estar ocupados. Nós precisamos estar ocupados. Se não estamos ocupados, nos sentimos inseguros.

Mas há algo muito estranho nisso tudo. O ego procura constantemente por distração, e então a própria distração se torna um problema. Em vez de nos ajudar a sentir-se tranquilizados, na verdade aumenta nossa insegurança. Ficamos obcecados com a distração e ela se transforma em outro hábito. Uma vez que se torna um hábito, é difícil se livrar. Portanto, para nos livrarmos desse novo hábito, precisamos adotar outro hábito. É assim que as coisas acontecem.

Dzongsar Khyentse Rinpoche

fonte: https://www.lionsroar.com/approaching-the-guru/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s