Sem ir a lugar nenhum – Milarepa

Ao descansar uniformemente em meditação com os pontos do corpo,
Se as aparências cessarem e você ficar sem pensamentos,
Essas são as ações de um shamatha letárgico.

Mas quando você se desperta com plena consciência (mindfulness), é como uma vela, auto-luminosa e brilhante,
Ou como uma flor que é naturalmente vívida e clara.

Como olhar com os seus olhos para o brilho do céu, a consciência-vazio é nua, aberta e clara.

Essa não conceitualidade que é luminosa e clara
É o surgimento da experiência de shamatha.

Com base nessa experiência meditativa, enquanto suplica as joias preciosas, obtenha a certeza estudando e contemplando o dharma.

Pegue a vipashyana que não traz a compreensão de nenhum eu
E amarre a corda resistente de shamatha a isso.

Então aquele forte ser nobre com amor e compaixão Através da poderosa força de despertar bodhichitta para beneficiar os outros,
Tendo sido elevado com uma aspiração pura Para o caminho completamente puro da visão,
Lá, vipashyana percebe diretamente a pureza que não pode ser vista
E então as falhas da mente, de esperanças e medos serão conhecidas.

Sem ir a lugar nenhum, você chegará ao terreno do Buda.
Sem olhar para nada, você verá dharmakaya. Sem conseguir nada, seu objetivo será realizado espontaneamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s