Sementes que semeamos em nossas mentes

Um dos conceitos mais úteis e belos no budismo para mim é o das sementes que semeamos em nossas mentes diariamente. Não sei sua origem histórica, mas tomei conhecimento através de Thich Nhat Hanh.

É bem simples. Se passamos nossos dias lendo, assistindo, pensando nas coisas ruins que vemos no mundo, nós acabamos inundados disso e então o mundo se transforma justamente nisso.

Esse conceito pode ser aplicado a tudo, de bom ou ruim. Nossos hábitos, vícios, memórias tristes, o que for. Semeamos e semeamos e grandes coisas se enraizam em nós.

Só me recordei disso depois de ler um texto sobre a bondade que existe no mundo. Você pode ler aqui: https://wp.me/p7nUB1-6ZX

Posso só falar por mim. Leio muito, anoto, estudo, busco e me esqueço de praticar.

Não podemos nos esquecer de praticar e de semear coisas melhores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s