A vaidade é a pior inimiga da humanidade. – Swami Paramananda

“Mãe, tudo é Tua vontade; Tu és a encarnação de toda vontade. Teu trabalho
Tu executas, ó Mãe!
As pessoas dizem, ‘Eu estou fazendo, eu estou fazendo. ’
Tu podes capturar mesmo um elefante em um pequeno buraco na lama, Tu podes fazer um aleijado cruzar uma montanha.
Tu podes elevar uma pessoa até mesmo ao posto de chefe dos Devas,
E Tu podes jogar alguém até o mais baixo estado.
Tu és o agente, nós somos os instrumentos.
Do modo como nos guia, assim nós atuamos.
Do modo como nos faz falar, assim nós falamos.”

Ó Mãe, tudo é feito por Tua vontade. Não eu, não eu.
Isto é a verdadeira sabedoria. Torna-se livre depois de realizar isto. A vaidade traz a ruína, é a pior inimiga da humanidade. Mate-a, mate-a para sempre. Então brilhará o sol da sabedoria. Pense, “Quem sou eu? Por que devo brigar ou disputar com alguém? Eu sou filho de Deus. Eu sou livre do elogio, da calúnia, do sofrimento, da tristeza, do prazer e da dor.” Isto é liberdade. Somente pessoas tolas querem ser consideradas grandes por outras, tentam conseguir elogios dos outros. Se eles não o conseguem, se tornam infelizes e sofrem. Que estupidez! Você se importa por tal estupidez? Um jogo idiota de cinco minutos. Qual é a realidade neste mundo? Devemos usar o poder do discernimento. Não devemos viver como escravos.

Por que deveríamos ser guiados por nossos sentidos e desejos? Devemos lutar e conquistá-los. Temos muito trabalho diante de nós. O trabalho é difícil, mas deve ser feito. Ele deve ser terminado antes que possamos ser livres. Se nós o negligenciarmos ou não o fizermos por medo, então ele levará muitas vidas e causará mais sofrimento. Pelas bênçãos do Senhor o caminho está aberto diante de nós. Caminhe firmemente, sendo destemido e alegre. É uma tarefa muito difícil carregar uma carga e ainda mais difícil para aquele que a remove. Como se pode pagar sua dívida? Somente vivendo uma vida pura e veraz de acordo com seus ensinamentos. Não existe outro modo, não existe outro modo. Serviço e ajuda material não são nada. Por isso abandone toda indolência e avance. Saiba que você não é o corpo, você não é matéria, mas sim Espírito, a pura, divina, santa e imaculada alma. Mantenha este grande ideal sempre em sua mente; então nada ousará perturbar sua paz.

A Mãe sempre lhe protegerá. Sem Sua graça ninguém pode fazer qualquer bom trabalho. Não esqueçamos isso, então sempre estaremos do lado seguro. O homem está em perigo quando ele esquece sua Mãe e corre atrás das coisas mundanas, considerando-as grandes e substanciais. É por Sua graça que se consegue luz e desapego pelos prazeres mundanos. Vamos cantar Sua Divina glória enquanto vivermos, não importa se estivermos na felicidade ou no sofrimento. Vamos nos absorver em Seus pensamentos; vamos enlouquecer em Seu Divino amor. O mundo de imediato sairá de nossas mentes naturalmente. O que existe no elogio ou na calúnia humana, no amor e no ódio, no ciúme e nas outras coisas estreitas do mundo? Esqueçamos tudo e adoremos a Ela e apenas Ela com todo amor e devoção de nosso coração.

A Mãe vai espalhar ao nosso redor a paz e bênçãos. Nós somos Seus filhos amorosos e Ela jamais falhará em nos dar Seus cuidados de Mãe. As ondas vêm e vão, as ondas do prazer e dor; elas são muito boas para o nosso crescimento espiritual. Permaneça firme. Que tudo venha e se vá, mas fique firme como uma rocha e tenha sempre fé em si mesmo e em se Ideal. É através da fé e da auto-entrega que se realiza a verdade e nunca através de argumentos inúteis ou pelo poder do intelecto humano.

* * *

Amigos e inimigos humanos não são nada. A Mãe é tudo. Ela é tudo em tudo. Devemos passar todos os momentos em Sua adoração; tudo mais é falso, seja bom ou mau, tudo ilusão, Māyā, ignorância. A verdade é única sem um segundo, e é Ela. Ela é a fundação de todo universo. Sem Sua vontade nada pode ser feito. Ela é nossa Mãe, a Mãe de todos. Quando a Mãe está perto nenhum mal pode nos tocar. Tenha fé, força e coragem. Saiba que a Mãe pode tornar tudo possível. Ninguém pode fazer o mal para aquele que toma refúgio aos Seus Divinos pés. Ele se torna um filho sem medo.

Ore à Mãe e tome refúgio aos Seus pés sinceramente, aí então o medo, preocupação e todos os pensamentos enfraquecedores cessarão de existir. Diga “Jai Mā Ānandamai!”, “Mãe bem-aventurada, glória a Ti!” Repita com força, todo o mal desaparecerá. Ela é a única destruidora do mal e para sempre a Protetora de Seus bons e inocentes filhos, que não sabem de nada além da Mãe. Que mais existe neste mundo para se falar? Tudo é inútil e irreal exceto a glória da Divina Mãe, que é a fonte de nossa existência, a fonte da paz e bem-aventurança eterna.

* * *

Vamos ficar sempre em paz em Seus braços. A Mãe sabe como cuidar bem de Seus filhos. Não existe medo para o filhinho enquanto ele estiver nos braços da Mãe. Ela é tudo em tudo, o uno sem um segundo. A quem iremos adorar se não adorarmos Seus Divinos benditos pés? Que o resto se vá. Que todas as outras coisas saiam de nossas mentes. Onde o mal existirá então? Onde estará o medo, a preocupação, a ansiedade para perturbar-nos quando cada canto de nossos corações estará ocupado por Ela?

Você conhece aquela bela canção que diz que neste mundo é supremamente bem-aventurado aquele que conhece a Suprema Bem aventurada Mãe. Cerimônias e rituais não são nada para ele. Ele não vai a peregrinações para se purificar; ele nem mesmo escuta qualquer outra palavra além do nome da Bem-aventurada Mãe e não acredita em nada exceto na vontade da Divina Mãe. Deste modo aquele que fez dos pés da Mãe seu tudo em tudo, esquece o mundo muito facilmente e naturalmente, e ele apenas atingirá o outro lado do oceano de Samsāra (mundanalidade). Não pode haver nenhum medo para ele. Ele não escuta o elogio ou a calúnia do mundo, mas permanece sempre intoxicado bebendo o néctar do nome da Mãe.

* * *

A Mãe é a meta. Ela é o único lugar de repouso e paz. Ore a Ela. Ore a Ela e pense Nela e só Nela. Ela é a proteção real. Ela é a fonte de toda felicidade e bem-aventurança. Vamos mergulhar fundo no oceano de Seu divino amor e enlouquecermos. Este mundo desaparecerá de nossas mentes de imediato. Tudo que é indigno Dela será esquecido em um minuto. “Jai Mā Ānandamai!”, “Mãe bem-aventurada, glória a Ti!” Todo o medo desaparecerá, tudo se tornará bem-aventurado em Sua presença.

Ore a Ela como uma criança pequena e Ela lhe protegerá. Somos todos Seus filhos. Por que deveríamos temer algo? A Mãe tomará conta de nós. Nosso dever é não esquecê-La no tumulto deste mundo miserável. Que mais posso dizer exceto que devemos adorar a Divina Mãe sempre, sob todas as circunstancias; isto é tudo que devemos fazer nesta vida. Não há dever mais elevado ou maior do que este.
Reze para Ela: “Oh Mãe, dê-me verdadeiro amor por Teus pés. Eu não quero nada mais. Tome todo o resto de mim, apenas me dê amor puro por Teus pés.” Reze dia e noite, e chore por devoção pura e amor puro. Isto se chama verdadeira adoração. Fique absorvido nesta grande adoração; então o mundo escorregará de você e viverás sempre em paz e bem-aventurança.

Lembre-se que tudo é feito através de Sua vontade. Ela pode fazer tudo o que quiser. Ela pode fazer possível o que é mais impossível. Quem conhece Sua glória? Quem pode cantar Sua glória? Nós devemos abandonar todo o egoísmo e dizer, “Nāham! Nāham! Tuhu! Tuhu!”, “Eu não, Mãe, eu não. Tu és tudo”. Dê-me somente amor verdadeiro por Teus pés, para que jamais possa esquecê-La. Oh Mãe, Teu nome é tão doce; dê-me intenso amor e fé por Teu nome. Mãe, Oh Mãe, Tome-me em Teus braços. Eu não quero ficar aqui; este não é meu lar. Tu és meu lar, meu refúgio; Oh, deixe-me chegar a Ti! Teu trabalho deve ser feito. Deixe-me fazê-lo com verdade e fé, com abnegação e pureza. Que seja feita a Tua vontade! Dê-nos força e luz e que possamos dizer na verdade e com sinceridade, ‘Que seja feita a Tua vontade!’

“Mãe, dê-nos paz e bênçãos.”

Trecho de O Caminho da Devoção de Swami ParamanandaO-Caminho-da-Devocao-por-Swami-Paramananda-Portugues