Verdade relativa. Chögyam Trungpa

A verdade relativa, ou kundzop em tibetano, é o mundo fenomenal, que é uma roupagem, um espetáculo auto-existente. O mundo fenomenal é uma performance, um teatro vivo. A verdade relativa é um exibicionismo, um blefe. Não há substância, mas ainda há muitas coisas acontecendo. No entanto, o mundo relativo não deve ser menosprezado. Este mundo fantasioso é realmente muito difícil de trabalhar. Para perceber a verdade relativa como verdade, você precisa transcender a neurose e a psicose. Quando você se torna são por meio de seu relacionamento com o professor, ou seu amigo espiritual, e experimenta plenamente a ausência de ego, você vê que o mundo real é realmente um mundo real. Você vê o mundo da realidade completa e totalmente, sem nenhum problema, sem grande coisa.

Chögyam Trungpa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s