Linguagem Correta e o poder das palavras – Hsü Yun

Quão frequentemente fazemos uso das palavras a serviço do ego. Para ganhar alguma vantagem fofocamos, ou exageramos, ou negligenciamos em dizer ou deixamos de dizer toda a história. Ou insinuamos a culpa provável do outro, enquanto protestando nossa inviolável inocência. Algumas vezes, somente para sermos o centro das atenções, muitos de nós dirão histórias sórdidas ou desagradáveis piadas. Pensamos que palavras não são ações, que têm pouco poder e uma vida curta, e que, de certa forma, palavras apenas evaporam com a respiração que as emite. Nossas palavras têm, de fato, poder, e podem viver para sempre e, ainda mais, podem curar tanto quanto fazer o mal.

A Linguagem Correta não nos autoriza a emitir falsidades, insultos, acusações ou bradar por nossas próprias conquistas, e, por outro lado, ela nos encoraja a falar palavras de conforto, emitir palavras de perdão, e expressar o reconhecimento e a apreciação pelo sucesso de outros. Nunca subestime o poder das palavras.

Hsü Yun

Nuvem Vazia, trecho do livro no mesmo nome

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s