Ajahn Fuang Jotiko sobre sofrimento (tradução)

Nascimento, envelhecimento, doença, e morte: essas são coisas normais. Nascimento é como as coisas normalmente são, envelhecer é como as coisas normalmente são, doença e morte é como as coisas normalmente são.  Faça com que você possa ver que as coisas normalmente são assim. É aqui que um senso de desencantamento pode surgir. Você terá a habilidade de desapegar-se da força  que essas coisas têm sobre você. Você será capaz de jogar tudo isso fora, com raiz e tudo.

Nós sofremos como escravos das impurezas e desejos por quanto tempo? Consegue lembrar? Pergunte a você mesmo. Consegue se lembrar por tudo que já passou? E por quanto tempo ainda vai deixar isso acontecer – esse segurar e carregar que pesa sobre você? Por quantos éons você vem fazendo isso? Dezenas de milhares, centenas de milhares de éons. Consegue contar todos eles? Claro que não consegue. E por mais quanto tempo você terá que sofrer dessa forma? Se continua teimoso, indisposto para receber os ensinamentos do Buda é esse o tipo de recompensa que vai receber. Você quer isso? Gosta disso? Se não quer isso você precisa desenvolver a bondade na sua mente para que consiga encontrar o caminho para fora disso, para que possa ver suas contaminações e possa ver o sofrimento e mal que causam.

Ajahn Fuang Jotiko

Keep on suffering ~ Ajahn Fuang Jotiko
https://justdharma.com/s/0euaq

Birth, aging, illness, and death: these things are normal. Birth is the normal way of things, aging’s the normal way of things, illness and death are the normal way of things. Get so that you can see clearly that this is the way things normally are. That’s when a sense of disenchantment can arise. You’ll be able to loosen the grip that these things have on you. You’ll be able to pull them out, root and all.

We’ve suffered as the slaves of defilement and craving for how long now? Can you remember? Ask yourself. Can you remember all you’ve been through? And how much longer are you going to let it keep on happening — this holding and carrying and weighing yourself down? How many eons have you been doing this? Tens of thousands, hundreds of thousands of eons. Can you count them all? Of course you can’t. And how much longer will you have to keep on suffering in this way? If you’re still stubborn, still unwilling to listen to the Buddha’s teachings, this is the kind of reward you’ll have to expect out of life. Do you want it? Do you like it? If you don’t want it, then you’ll have to develop the goodness of your mind so that you can see your way out of this, so that you can see your defilments, so that you can see the suffering and harm they cause.

– Ajahn Fuang Jotiko

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s