Qual o segredo da sua serenidade

Em todas as suas ações o Sábio* parecia unificado com tudo o que o cercava; com os outros, com a Natureza e com o próprio Cosmos.
Os seus movimentos, nos mais pequenos detalhes eram harmónicos e elegantes. Nada em si denotava ansiedade, inquietude, tudo era Paz, ausência de conflagrações interiores.

Um jovem questionou-o:

– Diga-me, qual o segredo da sua serenidade, dessa Paz que nada parece abalar?
Respondeu o velho Sábio:

– A irrestrita cooperação com o inevitável.

(Essa é um desses pequenos ensinamentos orientais de um livro chamado A Iluminação de Anthony de Mello)

  • A palavra original ali era Sage, optei por Sábio: O termo sageza está correcto e significa «carácter do que ou daquele que é sage». E sage, por sua vez, é «aquele que alia a virtude à sabedoria; aquele cujos juízos e cujo comportamento são inspirados e governados pela rectidão de espírito, pelo bom senso; aquele que só estima os verdadeiros bens e, por isso, vive sem as ambições, as inquietações e as decepções que perturbam a existência do homem comum; filósofo». Sagacidade é outra coisa: «qualidade do que é sagaz; agudeza de espírito; finura; perspicácia», etc. (in Dicionário da Porto Editora). fonte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s