Felicidade, euforia, excitação

A felicidade é uma prática. Devemos distinguir entre felicidade e excitação, e até mesmo alegria. Muitas pessoas no Ocidente, especialmente na América do Norte, pensam em excitação como felicidade. Estão pensando em algo, ou esperando algo que consideram felicidade, e, para eles, isso já é felicidade. Mas quando você está animado, você não está realmente em paz. A verdadeira felicidade deve ser baseada na paz, e na verdadeira felicidade não há mais excitação.

Suponha que você esteja andando em um deserto e esteja morrendo de sede. De repente, você vê um oásis e sabe que quando chegar lá, haverá um fluxo de água e você poderá beber para sobreviver. Embora você não tenha realmente visto ou bebido a água, você sente algo: isso é excitação, isso é esperança, isso é alegria, mas ainda não felicidade. Na psicologia budista, distinguimos claramente entre excitação, alegria e felicidade. A verdadeira felicidade deve ser fundada na paz. Portanto, se você não tem paz em si mesmo, não experimentou a verdadeira felicidade.

Thich Nhat Hanh

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s