Fugirmos do medo o que, em essência, é ter medo do medo – devemos aceitá-lo

lnterrogante : Quereis dizer que, em vez de fugirmos do medo o que, em essência, é ter medo do medo - devemos aceitá-lo? Krishnamurti: Não, senhor. Não aceiteis nada. Não aceiteis o medo; olhai-o! Nunca olhastes o medo, olhastes? Nunca dissestes: "Tenho medo; vou olhá-Io". Pelo contrário, dizeis: "Tenho medo; vou ligar o rádio, vou … Continue lendo Fugirmos do medo o que, em essência, é ter medo do medo – devemos aceitá-lo

O Intervalo entre Pensamentos

Digo-vos que é realmente possível para a mente libertar-se de todo o condicionamento — não que devam aceitar a minha autoridade. Se aceitarem com base na autoridade, nunca o descobrirão, será mais uma substituição e isso não terá qualquer significado... A compreensão de todo o processo do condicionamento não vem da análise ou da introspecção, … Continue lendo O Intervalo entre Pensamentos

Eu quero ajudar as pessoas. Qual é a melhor maneira?

Pergunta: Eu quero ajudar as pessoas, servi-las. Qual é a melhor maneira? Krishnamurti: A melhor maneira é começar a se compreender e mudar-se a si mesmo. Neste desejo de ajudar o outro, de servir o outro, existe um orgulho, uma vaidade escondidos. Se você ama você serve. O clamor de ajudar nasce da vaidade. Se … Continue lendo Eu quero ajudar as pessoas. Qual é a melhor maneira?

Quando as coisas da mente não enchem seu coração, então existe amor

"Quando as coisas da mente não enchem seu coração, então existe amor; e só o amor pode transformar a loucura e a insanidade atuais no mundo - nunca sistemas, nunca teorias, nem da esquerda nem da direita. Você só ama realmente quando não possui, quando não é invejoso, não é ávido, quando é respeitoso, quando … Continue lendo Quando as coisas da mente não enchem seu coração, então existe amor

O Verdadeiro Revolucionário – Krishnamurti

A verdade não é para aqueles que são respeitáveis, nem para aqueles que desejam a sua própria expansão, a sua própria realização. A verdade não é para aqueles que buscam a segurança, a permanência; pois a permanência que eles procuram é apenas o oposto da transitoriedade. Ao terem sido apanhados na rede do tempo, eles … Continue lendo O Verdadeiro Revolucionário – Krishnamurti

Mente quieta, mente simples – Krishnamurti

Mente quieta, mente simples Quando estamos conscientes de nós mesmos, todo o movimento do viver não é uma revelação do “eu”, do ego? O ego é um processo muito complexo que só pode ser revelado na relação, em nossas atividades diárias, no modo como falamos, no modo como julgamos, calculamos, no modo como condenamos os … Continue lendo Mente quieta, mente simples – Krishnamurti

Idealistas, materialistas, educação e amor

Esse trecho de um livro de Krishnamurti é belíssimo ------------------------------------- O penar atinge a todos nós, idealistas e materialistas. O idealismo é uma fuga do que é, e o materialismo é uma outra maneira de negar as profundezas insondáveis do presente. Tanto o idealista como o materialista têm suas maneiras próprias de evitar o complexo … Continue lendo Idealistas, materialistas, educação e amor

Por que minha mente está tagarelando, tão irrequieta? – Krishnamurti

Pergunta: Por que minha mente está tagarelando, tão irrequieta? Resposta: Você já fez essa pergunta a si mesmo? Por que sua mente é tão irrequieta e está sempre tagarelando, indo de uma coisa para outra, movendo-se de uma distração para outra? (Perguntas e Respostas, pág. 68) Então, o que você deve fazer? Pode examinar as … Continue lendo Por que minha mente está tagarelando, tão irrequieta? – Krishnamurti