O gancho da atenção plena

Alguém que foi capturado com um anzol não tem opção a não ser ir aonde quer que seja levado. Da mesma forma, se agarrarmos nossa mente – que corre o risco de ser distraída pelos objetos dos seis sentidos – com o gancho da atenção plena e com vigilância e cuidado, isso será de enorme benefício. Devemos usar esta vigilância para verificar constantemente quantos pensamentos e ações positivas ou negativas produzimos durante o dia. Quando somos capazes de controlar* nossas mentes por meio da atenção plena, tudo o que aparece no samsara e no nirvana se torna um auxílio em nossa prática e serve para confirmar o significado dos ensinamentos. Todas as aparências são entendidas como sendo dharmakaya**. Percebemos tudo em sua pureza natural e não há nada que possamos chamar de impuro.

– Dilgo Khyentse Rinpoche

*controle da mente: nesse caso é o controle de estar atento ao que ocorre e não no sentido de controle para modificar

**dharmakaya – refere-se ao “corpo” de ensinamentos que Buda deu aos seus alunos

Um comentário: A vigilância para verificação constante é sem julgamento e com aceitação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s