A luz do Sol que está em tudo

Considerem a luz do Sol! Talvez digam que está próxima, no entanto, se a seguirem de mundo em mundo, nunca a colhereis em suas mãos. Então talvez a qualifiquem de longínqua; porém eis aqui que a estarão vendo diante de seus olhos. Sigam-na, e eis que se escapa de vocês; afastem-se e as alcançarão em qualquer lugar. Não podem possuí-la nem destruí-la. Desse exemplo podem deduzir o que acontece com a verdadeira natureza de todas as coisas e, de hoje em diante, não terão mais necessidade de se afligirem nem de se preocuparem com tais coisas.
Do livro Os Ensinamentos Zen de Huang Po.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s